Notícias

Racionais MC’s vão dar pausa na carreira por tempo indeterminado, diz KL Jay a revista

22 de fevereiro de 2018

racionaisok

Os Racionais MC’s estão em uma pausa na carreira sem previsão de retorno, disse KL Jay, DJ do grupo, em entrevista à revista “Rolling Stone Brasil”, publicada nesta quarta-feira (21).

O último álbum de estúdio do quarteto de rap de SP foi “Cores & Valores”, lançado em 2014, o quarto disco dos Racionais.

Os membros agora vão de dedicar às suas carreiras solo e projetos paralelos. Um dos compromissos é o show do vocalista Mano Brown no festival Lollapalooza SP. Ele se apresenta no sábado, dia 24, segundo dos três dias do evento (veja a programação completa).

“O Racionais está de férias coletivas por tempo indeterminado. De show também, inclusive de shows. É muito peso. Racionais é uma carga muito forte, né? Se continuar fazendo show [a gente] fica louco. Os quatro, fica tudo louco. Trabalhamos muito no ano passado. Tipo, muito mesmo. Isso tudo cansa, cansa espiritualmente”, disse o DJ à revista.


Fábrica de guitarras Gibson luta contra falência e tem dívida de US$ 375 milhões, diz jornal

20 de fevereiro de 2018

000-10g8v4

A fábrica de guitarras Gibson, cujos instrumentos passaram pelas mãos de John Lennon, Keith Richards, Elvis Presley, Bob Marley e B.B. King, luta para se salvar da falência.

Baseada em Nashville, a empresa americana conta a partir desta segunda-feira (19) com um novo diretor financeiro, Benson Woo, que tentará saldar suas dívidas e mantê-la viva.

A Gibson Brands, que também comercializa sistemas de áudio, trabalha atualmente com um banco de negócios para refinanciar suas dívidas, disse a empresa em um comunicado. Segundo o jornal “Nashville Post”, a Gibson tem um vencimento de dívida de US$ 375 milhões em agosto.

‘Instrumentos de música’ em baixa

“Embora os segmentos de ‘instrumentos de música’ e ‘áudio profissional’ sejam rentáveis e cresçam, mantêm-se abaixo do nível que tinham há alguns anos”, disse em uma nota o presidente da Gibson, Henry Juszkiewicz.

Ele explicou que a empresa apostará em manter produtos de grande potencial de crescimento e eliminará os que não estejam à altura do que se necessita.

A Gibson, cujo modelo Les Paul é um dos emblemas da música do século XX, foi fundada em 1894 em Nashville, um santuário do blues, rock e música country nos EUA.

São incontáveis os músicos famosos que tocaram suas cordas, de Jimmy Page e Eric Clapton a Carlos Santana, Duane Allman, Slash e outros.

Em 2016, uma Gibson Dove de Elvis Presley que ele ganhou de presente em 1969 foi leiloada por 334 mil dólares.

Em 2015, um modelo que John Lennon adorava e utilizou para compor canções dos Beatles como “She loves you” e “All my loving”, foi vendido por 2,4 milhões de dólares.


Katy Perry posta conversa com Gretchen e fãs especulam sobre parceria em shows no Brasil

15 de fevereiro de 2018

1506190276-katy_perry_tickets

A cantora Katy Perry postou nesta quarta-feira (14) a imagem de uma conversa em vídeo com Gretchen, e os fãs já especulam se vai rolar parceria entre as duas nos shows da americana no Brasil agendados para 14, 17 e 18 de março.

O registro foi postado por Katy Perry no Stories do Instagram e mostra ela e Gretchen em uma videochamada. Na legenda, a americana chama a brasileira de rainha e brinca com memes em português, dizendo que está conversando com a sua “morta linda”.

O encontro foi promovido pela repórter Ana Carolina Raimundi, do “Fantástico”, que foi aos Estados Unidos falar com a americana sobre a turnê no Brasil. A reportagem será exibida em breve.

Gretchen comentou a postagem de Katy Perry em seu perfil. “Bom diaaaa. E aí vc acorda e sua ‘best friend’ (melhor amiga, em tradução) posta isso no insta dela. FaceTime básico. Ela é muito fofa”.

A turnê de 2018 de Katy Perry no Brasil vai passar por Porto Alegre (14/3), São Paulo (17/3) e Rio de Janeiro (18/3).


Nick Carter, do Backstreet Boys, é denunciado por estupro na polícia dos EUA

9 de fevereiro de 2018

melissa-schuman

A cantora americana Melissa Schuman anunciou que foi à polícia para abrir uma queixa contra o cantor Nick Carter, da famosa boyband Backstreet Boys. Ela o acusa de estupro.

Schuman, que é ex-integrante do grupo Dream, relatou em novembro do ano passado, em seu blog pessoal, ter sido violentada pelo músico em 2003, quando tinha 18 anos – ele tinha 22. Na época, Carter divulgou um comunicado negando a acusação.

A cantora apresentou uma queixa no Departamento de Polícia de Santa Mônica, na Califórnia (EUA), nesta quarta-feira (7), segundo o site NME. “Fazer essa denúncia foi a coisa mais poderosa que eu já fiz por mim mesmo”, disse ao “Entertainment Tonight”.

Entenda o caso

No texto publicado em novembro, Schuman afirma que o estupro aconteceu em um apartamento em Santa Mônica. Ela teria ido ao local na companhia de uma amiga, a convite de Carter.

Num dado momento, segundo a cantora, os dois começaram a se beijar, mas ela disse que não gostaria de seguir em frente, por causa de suas convicções religiosas. Schuman diz que era virgem e pretendia ficar assim até se casar.

“Ele estava ciente que eu era virgem e seguia os valores religiosos cristãos conservadores. Eu falava sobre isso. Todo mundo sabia disso, incluindo meus representantes”, escreveu. Ela afirma que Carter a estuprou mesmo após os pedidos para que parasse.

Ao negar a acusação, o cantor se disse “chocado e triste”. “Melissa nunca expressou para mim, enquanto estávamos juntos ou em qualquer momento, que algo que nós fizemos não foi consensual”, afirmou.

“É contrário à minha natureza e a tudo que eu prezo intencionalmente causar desconforto ou dor para alguém”, completou.


Kondzilla supera Whindersson Nunes e se torna maior canal do Brasil no YouTube

6 de fevereiro de 2018

O canal Kondzilla no YouTube se tornou o maior do Brasil no YouTube em número de assinantes. Ele chegou a 26,8 milhões de seguidores, contra 26,7 do antigo líder, o comediante Whindersson Nunes.

Com clipes de funk, o diretor Kondzilla já era líder em número de visualizações de vídeo, com mais de 13 bilhões de cliques. No ranking mundial, ele já está na 14ª posição.


Dueto com Prince marca show de Justin Timberlake no intervalo do Super Bowl

6 de fevereiro de 2018

justintimberlakesuperbowl

Um homenagem ao cantor Prince marcou o show de Justin Timberlake durante o intervalo do Super Bowl, vencido pelo Philadelphia Eagles na noite deste domingo (4), em Minneapolis, nos Estados Unidos.

Uma imagem gigante do astro morto em abril de 2016 – e nascido na cidade – foi projetada sobre um tecido acima de Justin que tocava no piano a música ‘I would die 4 U’.

Justin abriu a apresentação com ‘Filthy’, música de seu novo álbum ‘Man of the woods’, e depois levantou o estádio enfileirando seus principais hits, como ‘Rock your body’, ‘Sexyback’, ‘Cry me a river’, ‘Mirrors’ e ‘Can’t stop the feeling’. A apresentação teve duração de 12 minutos.

Essa foi a terceira participação de Timbelake no evento, o que o torna o artista individual que mais participou do show do intervalo. O Super Bowl tem o status de maior evento televisivo dos Estados Unidos.

Black out

Um rápido black out ocorreu no início do terceiro quarto da transmissão do Super Bowl, de acordo com a CNN. Os telespectadores ficaram sem entender o que havia ocorrido: muitos desligaram rapidamente a TV pensando ser um problema de mal funcionamento do aparelho.

Cerca de meia hora após o incidente, o porta-voz da NBC, responsável pela transmissão, afirmou que o problema foi provocado por uma falha de equipamentos, resolvida rapidamente. A transmissão de nenhuma ação do jogo ou tempo de comercial foi afetada.


Mariana Nolasco grava cover com Boyce Avenue e é elogiada pelo Maroon 5: ‘Nem acreditei’

2 de fevereiro de 2018

mariananolasco

Mariana Nolasco recebeu um elogio do Maroon 5, após ter gravado uma cover de um hit da banda, “What Lovers Do”.

No vídeo do YouTube, a cantora paulista de 19 anos se apresenta com o Boyce Avenue, grupo americano conhecido por versões acústicas de sucessos de outros artistas.

“Foi lindo demais, nem acreditei. É muito gratificante quando o cantor da música vê sua interpretação e ainda tira um tempinho pra te fazer um elogio! Fiquei muito feliz, ainda mais porque eu amo Maroon 5! Significou muito”, diz Mariana ao G1.

Hoje, o canal dela no YouTube soma 300 milhões de visualizações. O Boyce Avenue passou de 3,7 bilhões de views.

Mais que amigos, featuring
Mariana conta que o arranjo da versão e a divisão de vozes ficou por conta do Boyce Avenue. “Eles me mandaram para ver se eu achava legal e concordava com tudo. Eu sempre amei tudo o que eles fazem, e dessa vez não foi diferente. Acho muito legal fazer versões acústicas de músicas eletrônicas. Dá uma outra cara”.

Antes mesmo de virar cantora YouTuber, ela já era “apaixonada” pelo Boyce. Eles estavam vindo ao Brasil para fazer shows e me mandaram um para Mariana. “Fui a um show deles em SP e foi aí que nós conhecemos”, lembra.

A partir de então, ela e a banda mantiveram contato. “Aproveitei que fui viajar e perguntei se na data que eu estaria na Flórida eles estariam disponíveis. A conclusão foi esse vídeo massa! Toda vez que assisto fico com um sorriso bobo. Um sentimento de admiração e gratidão enorme”.


Leah LaBelle, cantora do ‘American Idol’, morre em acidente junto com jogador Rasual Butler, ex-NBA

1 de fevereiro de 2018

leah

A cantora Leah LeBelle e seu marido, o ex-jogador de basquete Rasual Butler, morreram em um acidente de carro nesta quarta-feira (31), na Califórnia.

De acordo com a rede de TV dos EUA Fox News, o casal estava em um Range Rover e o acidente aconteceu às 2h30 da manhã na Ventura Boulevard em Los Angeles.

A polícia diz que há indícios de que o carro estava em alta velocidade antes de bater em um muro.

Leah LeBelle participou da terceira temporada do reality show musical “American Idol”, em 2004. Depois disso, ela lançou os singles “Sexify” e “Lolita”.

Rasual Butler teve uma carreira de 14 anos no basquete, entre 2002 e 2016, e jogou em times como Miami Heat, New Orleans Hornets, Los Angeles Clippers e Chicago Bulls.


U2 vence processo de plágio por música ‘The fly’, do álbum ‘Achtung Baby’

31 de janeiro de 2018

u2-foto

Uma juíza dos Estados Unidos rejeitou nesta terça-feira um processo acusando a banda de rock U2 de plagiar parte de uma obra de um compositor britânico para uma canção no álbum de sucesso “Achtung Baby”, lançado pelo grupo irlandês em 1991.

A juíza distrital dos Estados Unidos Denise Cote, sediada em Manhattan, rejeitou a acusação de Paul Rose de que o U2 copiou deliberadamente um riff de guitarra de 13 segundos feito perto do começo de sua música instrumental de 1989 “Nae Slappin” para criar um segmento de 12 segundos apresentando um solo de guitarra para a música “The Fly”.

Rose, que mora em Nova York, reivindicou que o U2 copiou sua música “praticamente nota por nota” e também usou as mesmas linha de baixo, bateria e percussão sem permissão.

Mas a juíza disse que o riff não é uma porção “suficientemente substancial” de “Nae Slappin”, uma composição de 3 minutos e meio que “demonstra as incríveis habilidades de guitarra do demandante”, para ser um “fragmento” protegido da obra.

Ela também disse que mesmo se o riff fosse protegido, um júri razoável não decidiria que o U2 copiou a obra.

Rose buscava ao menos 5 milhões de dólares em indenização do cantor do U2, Bono, dos companheiros de banda The Edge, Adam Clayton e Larry Mullen Jr., e da UMG Recordings Inc, uma unidade da Vivendi SA que lança discos sob o selo Island Records, do U2.

Ele se queixou que havia entregue ao Island uma fita demo de “Nae Slappin”, que foi posteriormente incorporada a “The Fly”.

Um advogado de Rose não respondeu imediatamente a um pedido de comentários. Advogados dos réus não responderam imediatamente a pedidos similares.


Bruno Mars é o grande vencedor do Grammy 2018

30 de janeiro de 2018

O Grammy, maior premiação da música, consagrou o cantor havaiano Bruno Mars neste domingo (28), em cerimônia no Madison Square Garden, em Nova York. O G1 acompanhou a premiação em TEMPO REAL.

O cantor de 32 anos ganhou em todas as categorias que concorria e levou seis prêmios (Disco do Ano, Música do Ano, Gravação do Ano, Performance R&B, Música R&B e Álbum R&B).

O álbum “24k magic”, de Mars, ainda levou na categoria Melhor Engenharia de Som, prêmio para a equipe técnica que produziu e masterizou o disco.

Kendrick Lamar levou quatro prêmios das categorias rap (colaboração, álbum, música e perfomance) e Melhor Clipe.

“Despacito”, maior hit de 2017 e que concorria em duas das principais categorias, saiu sem prêmios.

Antes da cerimônia, no tapete vermelho, Lady Gaga, Lana Del Rey, Sam Smith e outras estrelas usaram rosas brancas em protesto contra assédios.

Outros premiados

Ed Sheeran ganhou dois prêmios (performance solo de pop e álbum de pop com vocal), mas não foi à premiação.

Nas categorias de rock, The War on Drugs levou de álbum, Foo Fighters ganhou de música e Leonard Cohen ganhou um Grammy póstumo de melhor performance.

Outro troféu póstumo foi para Carrie Fisher, que ganhou na categoria de melhor álbum falado, com o audiobook de sua biografia, “Memórias de princesa”. Greg Kurstin (Beck, Kendrick Lamar, Foo Fighters) levou como Produtor do Ano.

Quase 50 anos após sua criação, o grupo alemão Kraftwerk ganhou seu primeiro Grammy. Ele venceu na categoria de álbum de música dance ou eletrônica por “3-D Catalogue”.

Shows da noite

Kendrick abriu a cerimônia com “XXX.”, Lady Gaga emocionou com “Million Reasons” e Sam Smith cantou “Praying”.

A noite teve ainda parcerias, como de costume. Kesha cantou “Praying” com várias cantoras, de Cyndi Lauper a Camila Cabello. Elton John dividiu o palco com Miley Cyrus. Rihanna apresentou o hit “Wild Thoughts” com DJ Khalid e Bruno Mars fez dueto com a rapper Cardi B.

Os principais vencedores do Grammy 2018 em negrito:

Álbum do ano

“Awaken, My Love!” — Childish Gambino
“4:44″ — JAY-Z
“DAMN.” — Kendrick Lamar
“Melodrama” — Lorde
“24K Magic” — Bruno Mars

Gravação do ano

“Redbone” — Childish Gambino
“Despacito (Remix)” — Luis Fonsi & Daddy Yankee feat. Justin Bieber
“The Story of O.J.” — JAY-Z
“HUMBLE.” — Kendrick Lamar
“24K Magic” — Bruno Mars

Música do ano

“Despacito (Remix)” — Luis Fonsi & Daddy Yankee feat. Justin Bieber
“4:44” — JAY-Z
“Issues” — Julia Michaels
“1-800-273-8255” — Logic feat. Alessia Cara & Khalid
“That’s What I Like” — Bruno Mars

Álbum de Rap

“4:44″ – Jay-Z
“Damn” – Kendrick Lamar
“Culture” – Migos
“Laila’s Wisdom” – Rapsody
“Flower Boy” – Tyler, the Creator

Revelação

Alessia Cara
Khalid
Lil Uzi Vert
Julia Michaels
SZA

Performance solo de pop

“Love So Soft”, Kelly Clarkson
“Praying”, Kesha
“Million Reasons”, Lady Gaga
“What About Us”, P!nk
“Shape Of You”, Ed Sheeran

Álbum de pop com vocal

“Kaleidoscope EP”, Coldplay
“Lust For Life”, Lana Del Rey
“Evolve”, Imagine Dragons
“Rainbow”, Kesha
“Joanne”, Lady Gaga
“Divide”, Ed Sheeran

Álbum de rock

“Emperor of Sand”, Mastodon
“Hardwired … to Self-Destruct”, Metallica
“The Stories We Tell Ourselves”, Nothing More
“Villains”, Queens of the Stone Age
“A Deeper Understanding”, The War on Drugs

Colaboração em rap

“Prblms” – 6lack
“Crew” – GoldLink featuring Brent Faiyaz & Shy Glizzy
“Family Feud” – Jay-Z featuring Beyoncé
“Loyalty” – Kendrick Lamar featuring Rihanna
“Love Galore” – SZA featuring Travis Scott

Canção de rap

“Humble” – Kendrick Lamar
“Bodak Yellow” – Cardi B
“Chase Me” – Danger Mouse, Run The Jewels & Big Boi)
“Sassy” – Rapsody
“The Story of O.J.” – Jay-Z

Performance de rap

“Humble” – Kendrick Lamar
“Bounce Back” – Big Sean
“Bodak Yellow” – Cardi B
“4:44″ – Jay-Z
“Bad and Boujee” – Migos featuring Lil Uzi Vert

Performance de duo ou grupo

“Feel It Still” – Portugal. The Man
“Something Just like This” – The Chainsmokers and Coldplay
“Despacito” – Luis Fonsi and Daddy Yankee featuring Justin Bieber
“Thunder” – Imagine Dragons
“Stay” – Zedd and Alessia Cara

Álbum com vocal de pop tradicional

Tony Bennett Celebrates 90 – Dae Bennett, producer (various artists)
Nobody but Me (deluxe version) – Michael Bublé
Triplicate – Bob Dylan
In Full Swing – Seth MacFarlane
Wonderland – Sarah McLachlan

Gravação dance

“Tonite” – LCD Soundsystem
“Bambro Koyo Ganda” – Bonobo featuring Innov Gnawa
“Cola” – CamelPhat & Elderbrook
“Andromeda” – Gorillaz featuring DRAM
“Line of Sight” – Odesza featuring WYNNE & Mansionair

Álbum dance ou de eletrônica

3-D The Catalogue – Kraftwerk
Migration – Bonobo
Mura Masa – Mura Masa
A Moment Apart – Odesza
What Now – Sylvan Esso

Performance R&B

“That’s What I Like” – Bruno Mars
“Get You” – Daniel Caesar featuring Kali Uchis
“Distraction” – Kehlani
“High” – Ledisi
“The Weekend” – SZA

Performance tradicional de R&B

“Redbone” – Childish Gambino
“Laugh and Move On” – The Baylor Project
“What I’m Feelin’” – Anthony Hamilton featuring The Hamiltones
“All the Way” – Ledisi
“Still” – Mali Music

Música R&B

“That’s What I Like” – Bruno Mars
“First Began” – PJ Morton
“Location” – Khalid
“Redbone” – Childish Gambino
“Supermodel” – SZA

Performance urbana contemporânea

“Starboy” – The Weeknd
Free 6lack” – 6lack
“Awaken, My Love!” – Childish Gambino
“American Teen” – Khalid
“Ctrl” – SZA

Álbum R&B

“24K Magic” – Bruno Mars
“Freudian” – Daniel Caesar
“Let Love Rule” – Ledisi
“Gumbo” – PJ Morton
“Feel the Real” – Musiq Soulchild

Melhor Clipe

“Humble” – Kendrick Lamar
“Up All Night” – Beck
“Makeba” – Jain
“The Story of O.J.” – Jay-Z
“1-800-273-8255″ – Logic featuring Alessia Cara & Khalid