Show

Aerosmith acerta em antigos hits, exagera nos covers e tem ajuda de ‘voz do além’ para ganhar Rock in Rio

22 de setembro de 2017

aerosmith-q98a1278-fabio-tito-g1

O Aerosmith fez uma estreia e ao mesmo tempo um repeteco nesta quinta-feira (21) na Cidade do Rock. A última vez da banda no Brasil foi há menos de um ano, em outubro de 2016. Por outro lado, a banda americana que já veio outras seis vezes ao Brasil nunca tinha tocado no Rock in Rio.

O quinteto, com 47 anos de carreira, diz estar em uma turnê de despedida, chamada “Aero-Vederci Baby! Tour”. Mas nem eles dão certeza se é o fim. O guitarrista Joe Perry disse ao G1 que ele achava que os shows do ano passado seriam a despedida no país – e não foram.

Steven Tyler continua cantando bem, ainda mais para um senhor de 69 anos, mas conta cada vez mais com vocais de apoio. A voz do além vinha, aparentemente, de um tecladista lá no fundinho do palco.

Tayler e Joe Perry, 67, há muito tempo não fazem questão de mostrar material novo. As músicas mais recentes do repertório têm 20 anos (como “Fallin’ in love (is hard on the knees)”, do disco “Nine lives”, e “I don’t wanna miss a thing”, talvez a mais cantada da noite).

No final de “Eat the rich”, Steven Tyler dá um sonoro arroto após uma série de tossidas. É pura gracinha: em Belo Horizonte e em vários shows anteriores ele faz exatamente a mesma coisa. A potência do arroto até levanta suspeita, mas seria leviano especular sobre um playback nesse momento.

Eles se dão ao luxo de deixar de fora músicas como “Draw the line”, “Toys in the attic”, What it takes” e “Same old song and dance”.

Por isso, talvez seja exagero incluir três covers (“Come together” dos Beatles e “Stop messin’ around” e “Oh well” do Fleetwood Mac). Tudo bem que todas estão há décadas no repertório do Aerosmith, e eles tocam quase como músicas próprias.

Mas, especialmente na alongada “Oh well”, o público fica bem disperso. Tanto que Steven Tyler percebe a esfriada e diz: “Vamos lá, não vamos ficar quietos agora”. A coisa melhora com “Crazy”.

O Aerosmith ainda toca em São Paulo no domingo (24) e em Curitiba na quarta-feira (27).


Foo Fighters e Queens of the Stone Age anunciam shows no Brasil em 2018

21 de setembro de 2017

foo

Foo Fighters e Queens of the Stone Age virão juntos ao Brasil em 2018. As bandas anunciaram quatro shows no país: Rio de Janeiro (25/02), São Paulo (27/02), Curitiba (2/3) e Porto Alegre (4/3). Ao postar no Facebook o anúncio, o Foo Fighters comentou: “Nós mal podemos esperar”. Após as apresentações no Brasil, as bandas seguem para um show na Argentina.

A data para a abertura da venda de ingressos ainda não foi anunciada, mas um cadastro foi aberto na página Eventim para que os fãs credenciados tenham a chance de comprar os 3 mil primeiros ingressos.

Em agosto, o Queens of the Stone Age lançou o “Villains”, o sétimo disco da banda.

Já o Foo Fighters lançou há poucos dias o “Concrete and gold”, álbum produzido por Greg Kurstin, conhecido por coescrever o super hit “Hello”, da cantora Adele.


Lady Gaga adia turnê europeia por causa das fortes dores devido a fibromialgia

19 de setembro de 2017

Lady-Gaga

Após cancelar sua participação do Rock in Rio 2017, Lady Gaga anunciou que vai adiar para 2018 o trecho europeu da turnê Joanne. Na última semana, a cantora anunciou que estava internada e que não se apresentaria no festival de música, por conta das fortes dores causadas pela fibromialgia, uma síndrome clínica que se manifesta com dor no corpo todo, principalmente na musculatura.

As dores persistem e os médicos recomendaram repouso, conforme a cantora escreveu em um post no Instagram na madrugada desta segunda-feira (18). “[As dores] estão também me afastando da coisa que mais amo neste mundo: me apresentar para meus fãs. Espero poder voltar para a turnê em breve, mas preciso estar com meus médicos por enquanto para que eu possa estar forte e me apresentar para todos vocês pelos próximos 60 anos ou mais’”.

Um comunicado oficial, também publicado na página da cantora, explica que os shows na Europa serão adiados por causa das fortes dores que impactam sua habilidade na performance. “Ela está devastada por ter que esperar para se apresentar a seus fãs europeus”.

“Eu tenho sido sempre honesta sobre minha luta pela saúde física e mental. Tenho procurado por anos conseguir decifrá-la. Isso é complicado e difícil de explicar, e estamos tentando descobrir. Assim que eu me sentir fortalecida e pronta, vou contar minha história mais profundamente, e planejo fazer com força, não somente para aumentar a conscientização, mas para expandir as pesquisas para outros que sofrem com isso, então eu posso ajudar a fazer a diferença”, começou a cantora.

Além da explicação, Gaga fez um desabafo sobre críticas que tem recebido após relatar as dores.

“Eu uso a palavra ‘sofrer’ não por compaixão ou atenção, e tenho ficado desapontada com pessoas que, virtualmente, sugerem que estou sendo dramática, inventando tudo ou me fazendo de vítima para me livrar da minha turnê. Se você me conhece, você deveria saber que isso está longe de ser verdade. Sou uma guerreira”.

“Eu uso a palavra ‘sofrer’ não somente porque o trauma e a dor crônica têm mudado minha vida, mas porque eles estão me afastando de uma vida normal”, escreveu Gaga.

Na imagem postada com o texto, Gaga aparece fazendo uma oração. E, em outra foto, ela incluiu um comunicado oficial sobre o adiamento do trecho europeu da turnê Joanne.

“Gaga está sofrendo com severas dores que impactam em sua habilidade de se apresentar. Ela segue sob cuidados médicos que recomendaram o adiamento da turnê hoje pela manhã. Gaga está devastada por ter que esperar para se apresentar para seus fãs europeus. Ela planeja passar as próximas sete semanas trabalhando ativamente com seus médicos para a cura disso e de traumas passados que afetaram sua vida diária, e que resultam em severas dores físicas.

Ela espera dar para seus fãs a melhor versão do show que ela construiu assim que sua turnê for retomada”, informou o comunicado.

Segundo a agenda de shows no site de Lady Gaga, o retorno da cantora aos palcos deve acontecer em Indianápolis, nos Estados Unidos, no dia 5 de novembro.


The Pretty Reckless cancela show no Rock in Rio; Tyler Bryant & The Shakedown substitui

31 de agosto de 2017

rockinriousa3

A banda The Pretty Reckless, da vocalista e atriz Taylor Momsen, cancelou o show que faria no Rock in Rio em 21 de setembro.

O grupo Tyler Bryant & The Shakedown vai ser o substituto no Palco Sunset, anunciou o festival.

O grupo de blues rock abriu shows do Guns N’ Roses e tem na formação o guitarrista Graham Whitford, filho do também guitarrista Brad Whitford, do Aerosmith. Ele se apresentará no mesmo dia em que seu pai toca.

Programação de 21 de setembro

Rock District
16h: Tudo Pelos Ares
20h: Rodrigo Santos

Rock Street

15h30: Ba Cissoko
1h30: Alfred et Bernard
20h: Mamani Keita

Palco Sunset

15h05: Ana Cañas convida Hyldon
16h30: Tyler Bryant & The Shakedown
18h: The Kills
20h: Alice Cooper convida Arthur Brown

Palco Mundo

19h: Scalene
21h: Fall Out Boy
22h30: Def Leppard
0h15: Aerosmith

Eletrônica

23h: Leo Janeiro
23h55: Mumbaata
0h40: Ney Faustini
1h40: Nightmares on Wax
2h45: Rob Garza


Gorillaz anuncia show em SP em 2018

31 de agosto de 2017

humanz

Gorillaz anunciou nesta quarta-feira (30) que fará show no Brasil em 2018. A banda virtual de Damon Albarn toca no Jockey Club, em São Paulo, no dia 30 de março.

Os ingressos do show da turnê de seu disco mais recente, “Humanz”, custarão entre R$ 140 (meia-entrada, na pista) e R$ 560 (inteira, na pista premium).

A venda terá início no dia 4 de setembro e começa às 10h pelo site da Ticketsforfun, e às 12h, nos pontos de venda.

Compras feitas pelo cartão Elo receberão 50% de desconto em até dois ingressos com valor inteiro.

Gorillaz no Brasil

São Paulo
Quando: 30 de março, às 21h
Onde: Jockey Club São Paulo – Rua Dr. José Augusto de Queiróz, s/nº – Portão 1
Abertura dos portões: 16h
Classificação Etária: 12 anos (menores acompanhados dos pais ou responsáveis legais)
Ingressos: Pista Premium (R$ 560), Pista Comum (R$ 280)


YouTubers, dicas do Tinder, mega drop… 7 coisas que você não sabe que vai ter no Rock in Rio

22 de agosto de 2017

Você sabe que o Rock in Rio vai ter Lady Gaga, Guns N’ Roses, Aerosmith. E também terá tirolesa, roda gigante, Rock Street, as parcerias do Palco Sunset… Mas o festival no Rio terá outras novidades muito além do line-up principal, entre 15 e 24 de setembro.

Veja 7 coisas que o Rock in Rio terá e você talvez não saiba:

Youtubers

O Rock in Rio vai ter pela primeira vez apresentação de youtubers, em seu Digital Stage.

16 de setembro – sábado: Whindersson Nunes
17 de setembro – domingo: Christian Figueiredo
22 de setembro – sexta-feira: Mr. Poladoful
24 de setembro – domingo: Felipe Castanhari

Arena de games

O festival contará com o espaço chamado de Game XP, de 14h até o começo da noite. Ele ocupará a área de duas arenas olímpicas e terá atividades como:

Disputas entre celebridades
Talk shows
Estantes de grandes marcas
Arena de e-Sports

A iniciativa é uma parceria com a Comic Com Experience (CCXP).

Mega drop

Além das mais conhecidas tirolesa, montanha russa e roda gigante, o Rock in Rio vai investir em um “mega drop”. O brinquedo também é conhecido como queda livre. Segundo a organização do festival, a atração é feita para quem curte esportes radicais e “não é para os fracos”.

Rock de garagem

Um dos patrocinadores terá um espaço onde sete bandas de garagem vão poder tocar durante o festival. Serão pocket shows nos intervalos dos shows do Palco Mundo com vencedores de uma promoção, mas com a presença de alguns convidados.

Tenda do Tinder

O aplicativo de encontros terá um lounge para que os usuários possam fazer um upgrade no perfil e, talvez, conseguir ainda mais “matches”. Os interessados e interessadas poderão:

Montar novos looks para tirar fotos e atualizar o perfil
Fazer maquiagem, cabelo e escolher panos de fundo
Receber dicas de especialistas do app

Jogos de fuga

O Multishow, canal da TV paga, vai ter dois espaços com jogos de fuga (ou “escape games”, se você preferir). No “Escape Multishow”, o desafiado tem que resolver charadas para escapar de uma sala. Quem se der bem, todos saem da sala por meio de um tobogã.

Cama elástica

Um dos lounges de um dos patrocinadores terá uma cama elástica aberta para que todo o público possa pular. Ela fica na Rock Street, a rua com comidas, bebidas, atrações e música.


Fifth Harmony fará mais dois shows no Brasil além de participar do VillaMix Festival

11 de agosto de 2017

fifthharmony

Fifth Harmony vem ao Brasil em outubro para três apresentações. Depois de anunciar participação no VillaMix Festival São Paulo, a banda pop confirmou outros dois shows: um em Belo Horizonte (4/10) e, outro, no Rio de Janeiro (6/10). Já a participação no festival sertanejo será no dia 7 de outubro. O cantor Alex Aiono está confirmado como participação especial nos shows.

Ally Brooke, Normani Kordei, Lauren Jauregui e Dinah Jane vão trazer ao Brasil a PSA World Tour e irão divulgar as músicas do terceiro disco da carreira, que será lançado em 25 de agosto. Este, sem a participação de Camila Cabello, que deixou a girlband em dezembro de 2016.

A girlband foi formada na segunda temporada do reality show “The X Factor USA”, em 2012. Em junho de 2017, o grupo lançou o primeiro single sem Camila.

Juntas, as cinco integrantes lançaram dois discos, com hits como “Bo$$”, “Sledgehammer”, “Miss Movin’ On”, “Work from Home” e “Worth It”, seu maior sucesso.

Fifth Harmony deixa Camila Cabello de fora de post comemorativo e fãs reclamam

Última vinda ao Brasil

Em dezembro de 2016, o Fifth Harmony participou do FunPopFun, evento fechado para fãs, em São Paulo, sem Lauren. Ela foi detida por porte de maconha ao tentar embarcar para o Brasil.

“Eu senti muita saudade”, disse Camila, em português. “Eu sou meia brasileira”, completou.

No final do show, antes de a banda cantar “Work from home”, o público gritou “Lauren, eu te amo”, o que fez com que Cabello repetisse a frase falando baixinho. Mesmo assim, as garotas do Fifth Harmony não comentaram sobre a ausência da cantora no show.


Lady Gaga vem aí… Como é o show da turnê Joanne, que veremos no Rock in Rio?

4 de agosto de 2017

A nova turnê mundial de Lady Gaga começou nesta terça-feira (1) em Vancouver, no Canadá. E os fãs descobriram como são os arranjos, figurinos, coreografias, cenários…

Enfim, como é o show que passará pelo Rock in Rio no dia 15 de setembro?

São nove figurinos, seis vídeos que servem como uma pausa entre os blocos (com destaque para o que ela encarna uma garota rinoceronte) e 22 músicas.

A apresentação começa com um telão e uma contagem regressiva, que emenda em “Diamond Heart”.

A música que abre o disco “Joanne” também abre o show.

A segunda escolhida é “A-Yo”, a faixa 2 do álbum de 2016. A cantora toca guitarra e usa seu icônico chapéu rosa durante a maior parte da música.

O primeiro hit daquele 2008 que não volta mais é “Poker Face”.
Sem guitarra, ela está livre para performar.

Com a mesma roupa preta, ela fecha o 1º bloco com “Perfect Ilusion”.

O segundo bloco vem depois de uma vinheta com um carro. Ela canta uma sequência com “John Wayne”, “Scheiße” e “Alejandro”, dando uma cadenciada no show.

A parte seguinte é a mais pop dançante, com “Just Dance”, “LoveGame” e “Telephone”. Lady Gaga dança vestida com um maiô azul claro, com pérolas e ombreiras proeminentes.

Após “Applause” e “Come to Mama”, Gaga toca uma versão acústica de “The Edge of Glory” em seu piano brilhante em formato de coração.

É um dos momentos mais emocionantes, graças ao coro da plateia.

Os destaques do quinto bloco são “Paparazzi” e “Joanne”, esta em momento banquinho e violão.
Gaga continua falando bastante entre as músicas, como fazia nas turnês anteriores.
Principalmente logo antes de “Joanne”.

Para explicar os temas da letra (superação de momentos difíceis e as lembranças de sua família), ela gasta pouco mais de dois minutos.

O sexto bloco tem “Bad Romance” e a novíssima “The Cure”.

O bis tem apenas “Million Reasons”, em arranjo piano e voz.

Das 11 músicas do disco “Joanne”, nove foram cantadas. Apenas “Sinner’s Prayer” e “Hey Girl” devem ficar de fora nos próximos shows da turnê.

Setlist do show de abertura da turnê de Lady Gaga:

Intro (countdown)

“Diamond Heart”
“A-Yo”
“Poker Face”
“Perfect Illusion”

Interlúdio (car video)

“John Wayne”
“Scheiße”
“Alejandro”

Interlúdio (band jam)

“Just Dance”
“LoveGame”
“Telephone”

Interlúdio (“Applause – Dj White Shadow Remix”)

“Applause”
“Come to Mama”
“The Edge of Glory” (acústico)
“Born This Way”

Interlude (monster video)

“Bloody Mary”
“Dancin’ In Circles”
“Paparazzi”
“Angel Down”
“Joanne”

Interlúdio (intermission)

“Bad Romance”
“The Cure”

Bis

“Million Reasons”


Justin Bieber cancelou turnê para se ‘dedicar a Cristo’ após entrar para a igreja Hillsong, diz site

26 de julho de 2017

justin2

Justin Bieber cancelou sua turnê para poder se “dedicar a Cristo” após ter se aproximado da igreja cristã pentecostal Hillsong, disse nesta terça-feira (25) o site TMZ. O site cita fontes próximas à igreja australiana, mas o motivo oficial não foi detalhado por Justin Bieber.

Segundo o TMZ, o cantor tem se aproximado da igreja Hillsong nos últimos meses.
Justin Bieber pediu desculpas para seus fãs pelo cancelamento repentino do restante de sua turnê internacional, dizendo que ele precisava de descanso depois de ficar na estrada por dois anos.

Seu agente, Scooter Braun, também pediu desculpas, mas disse que a “alma e bem-estar” de Bieber são as maiores prioridades.

A decisão de Bieber de abandonar as últimas 14 datas de sua turnê internacional “Purpose” foi divulgada citando apenas “circunstâncias imprevistas”, sem mais detalhes.

Igreja ‘hipster’

A Hillsong é uma igreja presente em 15 países. A filial brasileira está programada para ser inaugurada em setembro e é a segunda unidade da entidade na América do Sul – no fim de 2015, ela passou a operar em Buenos Aires, na Argentina.


U2 anuncia quarta data de show em São Paulo

25 de julho de 2017

O U2 anunciou uma quarta data de show da “The Joshua Tree Tour 2017″ no Brasil. Após as três primeiras apresentações terem seus ingressos esgotados, a banda abriu a agenda novamente e fará mais uma apresentação no país. Esta, no dia 25 de outubro. Assim como as anteriores, será no Estádio do Morumbi, em São Paulo.

Com isso, o grupo passará ao menos uma semana por aqui, já que seus shows estão marcados de 19 a 25 de outubro.

A banda Noel Gallagher’s High Flying Birds também está confirmada como convidada especial, assim como as outras três apresentações.

A venda de ingressos será aberta na quinta-feira (27), a partir de 00h01 na internet. A partir das 10h do mesmo dia, uma quantidade limitada de ingressos estará disponível na bilheteria do Citibank Hall (Av das Nações Unidas 17.955 – Santo Amaro) e pontos autorizados. Haverá um limite de compra de seis ingressos por pessoa e senhas serão distribuídas na fila de acordo com a chegada dos fãs.

Ingressos para show do U2 no Brasil acabam em menos de 2 h na internet

Ministério da Justiça investiga Tickets For Fun por venda de ingressos de show do U2 em SP
Banda agendou três shows extras em SP

Inicialmente, o U2 anunciou apenas um show em São Paulo, para o dia 19 de outubro. Menos de duas horas após a abertura das vendas, a Tickets For Fun já informava que havia mais ingressos. Pouco depois, fãs faziam filas nas portas de lojas físicas para tentar garantir as últimas entradas.

Depois disso, foi agendada uma segunda apresentação, para 21 de outubro. As vendas começaram em 22 de junho. Em seguida, a banda marcou uma terceira data, 22 de outubro, também com ingressos esgotados.

Com o anúncio da quarta data, a produção garante que o show do dia 25 seá o último no país e, também, a data final da “The Joshua Tree Tour 2017″.

Coldplay e U2 vencem crise, ‘congestionam’ sites de venda de ingressos e fãs reclamam

Ingressos a R$ 1.360

Os ingressos para os shows do U2 podem custar até R$ 1.360, valor referente ao Vip Gold Fan Pack. A assessoria que cuida da vinda do U2 ao país não soube informar detalhadamente o que o pacote que sai por esse valor inclui, já que ele conta com um presente que o fã ganhará no dia do show. Essa categoria foi aberta para venda apenas para os membros do fã-clube inscritos no site e que tiveram direito a uma pré-venda especial.

Outro espaço VIP chegava a custar R$ 1.250, referente à Red Zone. A compra dá direito ao acesso a Área VIP exclusiva, junto ao palco e com atendimento especial. Todo dinheiro arrecadado neste espaço será revertido para o fundo global de combate à AIDS na África.

No mais, os ingressos variavam de R$ 130 (meia-entrada para a arquibancada 2) a R$ 900 (inteira para o setor de cadeias superiores 1 e 2).

Como é a ‘Joshua Tree Tour 2017′

A Joshua Tree Tour 2017 é a turnê que celebra o aniversário de 30 anos do álbum “The Joshua Tree”, que vendeu mais de 25 milhões de cópias em todo o mundo.

O disco liderou as paradas com seus hits “With or without you”, “Where the streets have no name” e “I still haven’t found what I’m looking for”.

A abertura das apresentações é da Noel Gallagher’s High Flying Birds, do ex-guitarrista do Oasis.

Veja o provável setlist dos shows da turnê:

“Sunday Bloody Sunday”
“New year’s day”
“Pride (In the name of love)”
“Where the streets have no name”
“I still haven’t found what I’m looking for”
“Bad”
“With or without you”
“Bullet the blue sky”
“Running to stand still”
“Red Hill Mining Town”
“In God’s country”
“Trip through your wires”
“One Tree Hill”
“Exit”
“Mothers of the disappeared”
Bis:
“Miss Sarajevo”
“Beautiful day”
“Ultraviolet (Light my way)”
“Elevation”
“One”
“The little things that give you away”